Skip links

Respostas Sociais

Estrutura Residencial para Idosos – ERPI

A ERPI é uma Resposta Social que visa o alojamento coletivo de pessoas idosas, de utilização temporária ou permanente. Pretende dar resposta à pessoa idosa que já não apresenta condições pessoais e/ou familiares para permanecer no domicílio com quem vive.

Objetivos:

  • Garantir a satisfação das necessidades básicas do utente;
  • Promover a continuidade ou estabelecimento de relações familiares e/ou outras significativas;
  • Promover e respeitar a independência
  • a individualidade e a privacidade do utente;
  • Assegurar tratamento e acompanhamento biopsicossocial;
  • Contribuir para a estabilização e o retardamento do processo de envelhecimento.
Capacidade:

80 utentes

Horário:

Ininterrupto
Formulário de Inscrição
Regulamento ERPI I
Regulamento ERPI II
Serviços prestados

Prestação de todos os cuidados adequados à satisfação das suas necessidades, tendo em vista a manutenção da autonomia e independência.

Alimentação adequada, atendendo, na medida do possível, a hábitos alimentares e gostos pessoais e cumprindo as prescrições médicas.

Uma qualidade de vida que compatibilize a vivência em comum com o respeito pela individualidade e privacidade de cada idoso.

Realização de actividades de animação sociocultural, recreativa e ocupacional que visem contribuir para um clima de relacionamento saudável entre idosos e para a manutenção das suas capacidades físicas e psíquicas.

Ambiente calmo, confortável e humanizado.

Serviços domésticos necessários ao bem-estar do idoso e destinados nomeadamente, à higiene do ambiente, ao serviço de refeições e ao tratamento de roupas.

Desenvolvimento de actividades

É através da vertente lúdica que outras aprendizagens são adquiridas e são igualmente importantes no desenvolvimento psicossocial dos idosos. Todo o trabalho desenvolvido é definido pelas técnicas deste serviço.
A integração dos utentes seniores em Ateliers-Oficinas Ocupacionais visa o desenvolvimento de momentos de divertimento e lazer, ocupação de tempos livres e promoção do convívio entre idosos.

Tendo em conta as necessidades de cada idoso, elaboram-se alguns conjuntos de actividades:

  • Actividades físicas e motoras;
  • Actividades de expressão plástica;
  • Actividades de expressão musical;
  • Actividades de expressão dramática;
  • Actividades de estímulo cognitivo;
  • Dinâmicas de grupo;
  • Comemoração de aniversários;
  • Actividades espirituais;
  • Passeios ao exterior;
  • Actividades tecnológicas;
  • Actividades de escrita.

A realização de todas estas actividades, facilita o acesso a uma vida mais ativa, mais criativa, com vista à melhoria das relações e comunicação com os outros. Por conseguinte, os utentes participam mais ativamente na vida em relação ao meio, desempenhando e reactivando papéis sociais.